Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, GUAIANAZES, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Livros, Música
Outro -



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Citação


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Ácido Crítico!
 wiki
 Digestivo
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Blog do Patez


Auto-domínio!

  Cada vez que eu me deparo com alguém que diz possuir um grande auto-domínio, faço a mim mesmo uma pergunta:- Como é esse tal auto-domínio?

  • vejo depois de alguma reflexão, que muitos confundem auto-domínio com medo de agir, as vezes por medo das leis vigentes se deixa de agir como gostaria e  usa esse termo como desculpa a si mesmo!
  • outras tantas com medo da reação do próximo, que é sempre uma icógnita;
  • a momentos em que a religião gera o medo da punição através divindade, dos dogmas, das leis "divinas"; 
  • e também posso citar rapidamente o medo do dano que se pode causar ao outro por se achar com mais poder;

  Eu particularmente tenho outra concepção à esse respeito. Considero todas essas maneiras apenas medo! Estão muito distantes do que é para mim auto-domínio.

  Penso que auto-domínio é quando você está tão preparado para reconhecer no outro seu poder que o respeita de uma forma que nunca irá ultrapassar os limites de direito do outro, reconhece esses limites, impõe os seus através desse mesmo respeito- sem abrir mão dos seus direitos e distanciamento.

  Ver as coisas do alto, numa postura superior, reconhecendo que sua necessidade e sua vontade estão acima, portanto o que está abaixo não o desaspera, incomoda mas por um tempo inferior a um micron de segundo. O domínio dos instintos primários, usando-os para sua edificação, sobrevivência e manutenção, sabendo sempe em que medida e intensidade usá-los.

  Limitar por si próprio os instintos não quer dizer aquí castrá-los, ou castrar-se, mas sendo senhor absoluto sobre eles pode viver em harmonia com os de sua espécie, com os de outras espécies, com a seu habitat, com a natureza, tendo a vida como palco. Entrar em um entendimento à cerca da vida exige grande domínio, tanto de instintos como de ações.

 Pode-se ainda acrescentar à isso muitas outras formas que sejam afirmadoras, positivas e menos medrosas!



Escrito por Patez às 13h07
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]