Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, GUAIANAZES, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Livros, Música
Outro -



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Citação


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Ácido Crítico!
 wiki
 Digestivo
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Blog do Patez


Política S.A.

Falar sobre política em época de eleições pode parecer redundância (para muitos-não sem razão- nós brasileiros lembramos deste assunto e o discutimos apenas nesta época), mas o que proponho é um debate sistemático sobre o que seria "política". Percebo que nem mesmo os candidatos à cargos públicos eletivos sabem pouco ou quase nada sobre este assunto. Para estes "política" é sinônimo de falcatruas, abuso de autoridade, nepotismo, despotismo, entre outras falhas graves de caráter e procedimentos de pessoas que deveriam representar o papel de consolidadoras do bem-estar geral da nação chamada Brasil. Desconhecem mesmo o significado da palavra "política". Além do significado original grego o que entendo por negócios do Estado baseia-se em simples e diretos questionamentos que podem nos dar uma noção da importância da política em todos os quesitos vitais para a existência em sociedade do homem, digo uma existência exitosa. Entendo que :

  • se o Estado é composto por homens e mulheres que se intitulam -ou são intitulados- cidadãos, o Estado existe por que existe o cidadão, pois sem este componente não existe Estado;
  • por que então o Estado através de seus representantes sempre tem o desvio, uma certa teimosia em achar que é o cidadão que deve servì-los e não dependem do mesmo para sua existência?
  • ao fazer com que a grande massa padeça de diversos males como a falta de instrução adequada, condições dignas de saneamento básico, saúde, moradia, não estão na verdade fabricando uma condição propícia para a grande falta de segurança e o desenvolvimento contínuo de indivíduos cada vez mais violentos? Digo isso independente da classe social à qual pertencem tais indivíduos, pois todos são afetados por estas condições.
  • a manutenção da miséria não estaria ligada diretamente a este caos social?
  • pode a classe política de um Estado mudar permanentemente estas condições?
  • quais vantagens seriam à esta classe aferidos?
  • os donos de grandes fortunas que sentem-se acuados em suas casas com medo de sair do seu cercado poderiam também lucrar mesmo em uma sociedade onde o ser humano vive em condições favoráveis em todos os sentidos?
  • qual é o papel da educação para uma melhora substancial neste panorama caótico?
  • por fim, pode-se sair desse lamaçal no qual afunda a sociedade que se diz "moderna"?

 



Escrito por Patez às 12h30
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]