Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, GUAIANAZES, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Livros, Música
Outro -



Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Citação


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Ácido Crítico!
 wiki
 Digestivo
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Blog do Patez

Citação



 
 

"Sobre símbolos!"

Autor: Goethe

Buscar na Web "Goethe"

"Posso tolerar muitas coisas. Suporto a maioria das agruras/ Com ânimo sereno, segundo me ordena uma divina luz./ Algumas poucas, porém, me são adversas como a serpente e o veneno;/Quatro são elas: a fumaça do tabaco,os percevejos, o alho e a +(cruz)."



Escrito por Patez às 12h50
[] [envie esta mensagem] [ ]



 
 

"Alguns Livros! E lugares!"

Autor: Nietzsche

Buscar na Web "Nietzsche"

Quando: 1886

Há livros que possuem um valor inverso para a alma e para a saúde, conforme se sirvam deles a alma inferior, a força vital inferior, ou a mais elevada e enérgica: no primeiro caso, se trata de livros perigosos, despedaçadores, desagregadores, no outro, de chamados de arautos que desafiam os mais valentes à sua valentia. Livros para todo mundo são sempre livros malcheirosos: o odor da gentinha gruda-se neles. Ali onde o povo come e bebe, mesmo ali onde ele venera, ali costuma feder.Não se deve fraquentar igrejas caso se queira respirar ar puro.--



Escrito por Patez às 13h12
[] [envie esta mensagem] [ ]



 
 

"Sobre as idéias!"

Autor: Espinosa

Buscar na Web "Espinosa"

Quando: entre 1660-1667

Passemos então às ficções que versam sobre as essências sozinhas ou juntamente com alguma atualidade ou existência. A respeito do que devemos considerar sobretudo o seguinte: quanto menos a mente intelige, mas percebe mais coisas, mais tem o poder de fingir, e quanto mais coisas intelige, mais diminui aquela potência.

O que nos levar a crer que Espinosa já tinha uma forte tendência de realismo em suas idéias, era um contestador por natureza... as ilusões ( ficções) para ele são causadas sempre por aqueles espíritos que passam mais tempo imaginando que vivendo, pois aqueles que muito imaginam pouco inteligem, segundo ele não se pode fingir enquanto pensamos, que pensamos e não pensamos...



Escrito por Patez às 16h28
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]